Quem Somos

Aqui você conhece um pouco mais sobre nossa causa e como atuamos.

Saiba mais

O Projeto Camaleão: Autoestima contra o Câncer é uma associação sem fins lucrativos, que busca dar assistência à pessoas com câncer, incluindo seus familiares e cuidadores. Criado em 2014, o Camaleão tem como missão promover o acolhimento, a assistência e a reinserção social das pessoas com câncer, por meio do fortalecimento de sua autoestima e autonomia.

CONHEÇA NOSSAS

Frentes de Ação

  1. APOIO AO PACIENTE: Promover a reinserção social da pessoa com câncer, seus familiares e cuidadores, reforçar sua autoestima e estimular sua autonomia.
  2. EDUCAÇÃO E INFORMAÇÃO: Conscientizar sobre o câncer e desfazer tabus sobre a doença.
  3. POLÍTICAS PÚBLICAS: Contribuir para o aprimoramento das políticas públicas em relação ao câncer e mobilizar a sociedade na busca de acesso ágil ao tratamento adequado.
  4. SUSTENTABILIDADE: Crescer com sustentabilidade econômica, social e ambiental.

Missão

Promover o acolhimento, a assistência e a reinserção social das pessoas com câncer, por meio do fortalecimento de sua autoestima e autonomia.
"Acreditamos que o câncer pode ser uma sentença de vida."

Histórico

Em janeiro de 2011, aos 23 anos, Flavia Maoli foi diagnosticada com Linfoma de Hodgkin. Após um ano e meio em remissão (ausência de sinais detectáveis em exames clínicos), o câncer reapareceu, e Flavia teve que se submeter a um transplante de medula óssea em outubro de 2013. Inconformada e se sentindo sozinha, a jovem resolveu criar um blog chamado Além do Cabelo, onde dividia suas dicas para enfrentar o tratamento com bom humor e autoestima. Essa iniciativa despertou o interesse não só de outros pacientes, mas também de quem queria fazer o bem.

Em janeiro de 2014, Flavia Maoli conheceu Leon Golendziner e Bruno Kautz. Os três jovens tinham amigos em comum, e os dois se interessaram pelo blog que Flavia iniciara. "O que você gostaria de fazer?" foi a pergunta que fizeram. Ela então disse que estava conhecendo muitas pessoas virtualmente por causa do blog, mas na "vida real" não encontrava essas companhias. Com isso em mente, os três resolveram organizar um financiamento coletivo para realizar um encontro de pacientes onde as pessoas pudessem colocar em prática as dicas dadas no blog e trocar experiências, numa espécie de "Feira de Autoestima".

E assim nasceu o Projeto Camaleão.

No dia 26 de julho de 2014 foi realizado o primeiro evento, que contou com a presença de 40 participantes. Na feira de autoestima era possível brincar com o visual, experimentar outros looks, se sentir como uma camaleoa e conhecer outras pessoas que também estavam enfrentando o câncer. Todos adoraram!

Ao concluir o evento, os três perceberam que não queriam parar por ali. Decidiram fazer mais um encontro, e depois mais um, e depois mais um... Entre 2014 e 2016, foram realizados 9 encontros, sempre com muito alto astral e troca de experiências.

Em 2016, decidiram que era hora de crescer: transformaram o Projeto Camaleão em uma associação da sociedade civil sem fins lucrativos.   

Recebendo a resposta positiva dos participantes e de seus cuidadores, sentiram que havia a necessidade de ter um espaço físico, onde os participantes pudessem se encontrar com maior frequência e onde pudessem ser oferecidas mais atividades.

Foi então que, em 2017, o Projeto Camaleão lançou um novo financiamento coletivo para conseguir alugar um espaço para uma sede. Contando com a ajuda de 324 pessoas foi levantado o valor suficiente para dar o pontapé inicial.

Em 10 de março de 2018 era inaugurada a Casa Camaleão, na rua Giordano Bruno, nº 82, em Porto Alegre. Desde então, o espaço oferece acolhimento e assistência a pessoas com qualquer tipo de câncer, à seus familiares e cuidadores. O atendimento é realizado de forma gratuita a partir do diagnóstico, e sem data limite de participação. Só no ano de 2019 mais de 500 pessoas passaram pela Casa e participaram das atividades promovidas pelo Projeto Camaleão.

 

Galeria de Fotos

Nossa história em imagens

Confira alguns dos momentos inesquecíveis que vivenciamos no Projeto Camaleão!

Faça Parte

Em março de 2020, em função da pandemia da Covid-19, o Projeto Camaleão decidiu suspender as atividades na Casa Camaleão, para a segurança de seus usuários. Os atendimentos foram migrados para o meio digital, com atendimentos online.  

O que começou como um desafio acabou se tornando uma oportunidade: com os atendimentos online o Projeto Camaleão acolhe pessoas de qualquer lugar do Brasil ou do mundo, sem que ninguém precise sair de casa!

Se você enfrenta ou enfrentou o câncer, ou cuida de alguém que lida com a doença, entre em contato, conheça nossas atividades online e participe! Juntos somos mais fortes!

 

@projetocamaleao

Acreditamos que o câncer pode ser uma sentença de vida!